ARTIGOS MAIS LIDOS:
Daqui em diante, você encontrará muitos outros artigos sobre psicologia. A finalidade da Psicoterapia é entender o que está ocorrendo com o cliente, para ajudá-lo a viver melhor, sem sofrimentos emocionais, afetivos ou mentais. Aqui você encontrará respostas sobre a PSICOTERAPIA - para que serve e por que todos deveriam fazê-la. Enfim, você encontrará nesses artigos,informações sobre A PSICOLOGIA DO COTIDIANO DE NOSSAS VIDAS.

FINAL DE ANO COM OU SEM ESTRESSE?

Em teoria, o período de férias natalinas deveria ser menos estressante do que o resto do ano, afinal, as atividades profissionais são substituídas por festividades, reuniões com a família e amigos, acompanhadas de músicas e espírito natalino, um pouco de praia, campo, enfim, muitas opções que deveriam acalmar e alegrar as coisas.... Mas, infelizmente, as palavras "férias", "Natal" e "estresse", algumas vezes, vem juntas!

Sei que isso realmente ocorre pois, como psicoterapeuta, ouço pacientes narrarem situações muito desagradáveis vividas nessa época. Isso é triste pois se trata de bons momentos, com família, amigos e celebração religiosa. O que poderia ser ruim no ápice da positividade e felicidade? Mas o fato é que, há anos em minha carreira profissional, venho lidando com os profundos dissabores de vários pacientes após as festas de fim de ano, sendo muito frequente encontrá-los bem estressados.

Então, como a proposta é aliviar o estresse, decidi sugerir algumas medidas que você poderá, se quiser, adotar para não sofrer de estresse.

Prá começar, não vá a eventos que se sinta obrigado a ir, ou seja, se você não quer ir, não vá! É preferível que você dê vazão à sua vontade de caminhar (com ou sem o seu cachorro) ou saia para amigos que você realmente gostaria de ver, ao invés de ir a um evento onde você terá que se esforçar para se animar!

Um outro ponto é perceber como é algo tolo gastar esforço e dinheiro para dar às pessoas coisas que elas não precisam ou, muitas vezes, nem querem. Então, por que não doar para uma instituição de caridade em nome de todas as pessoas da sua lista, exceto, talvez, as pessoas que realmente precisam do presente que você compraria?

As festas de fim de ano podem ser longas e, assim que não há mais assuntos comuns para a conversa, pode ser tentador se aventurar com um tema polêmico. Infelizmente, em especial nesses tempos onde tudo é tão polarizado, isso pode ser complicado. Muito poucas pessoas mudam de opinião nas discussões de política, religião, raça, gênero etc., logo, é provável que essa discussão irá prejudicar o espírito de calma e de paz que você deseja para suas férias e época natalina. Quer desestressar? “Pegar leve” pode ajudar.

Por que não organizar uma festa de baixo estresse? Não precisa ser nada cansativo! Você e seus convidados podem obter o máximo proveito se cada um contribuir com os “comes e bebes”. Sendo, os seus convidados, amigos conhecidos, solicite que cheguem mais cedo para ajudarem a arrumar a sala e a servir. Dessa forma, quando os demais convidados chegarem, você poderá conectar-se a eles em vez de ficar de olho no fogão, nos convidados e como as coisas estão sendo servidas. No final da festa, aceite ofertas para ajudar na limpeza. Se ninguém se oferecer, não há nada de errado em perguntar. Muitas pessoas ficariam bem felizes em ajudar o amigo a arrumar as coisas ao final da festa.

Uma outra boa medida para esse período é desenvolver a sua espiritualidade. Não estou falando de religiões nem de cartas de tarô e cristais, mas sim de algo que não exclui o benefício desestressante da espiritualidade ampliada. Requer definir espiritualidade como alguma coisa que é maior que você. Como isso pode reduzir seu estresse? Fornece uma perspectiva interessante para certas situações: digamos que você ganhou cinco quilos e parecia "gorda" naquele vestido, ou que o pernil de natal ficou mais seco que o deserto do Saara... bem, de uma perspectiva espiritual, isso tudo é absolutamente trivial e pouco importante. Manter essa espiritualidade em sua frente e em seu centro pode manter o estresse distante de você!

Minha preferência sempre foi a de passar o natal e réveillon em minha casa ou nas de amigos ou parentes, simplesmente porque os restaurantes fazem, nessas ocasiões, uma mega operação para lucrarem muito - cobram valores elevados, enchem os clientes com bugigangas compradas a centavos na rua 25 de Março, servem o jantar sob o som altíssimo manejado por algum DJ MC Qualquer Nome. Uma noite tranquila de Ano Novo em casa é menos estressante, não apenas por causa de controle sobre o som, mas porque você pode, com seus amigos e parentes, compartilhar boas reflexões sobre a vida, servir a comida e beber o que você realmente gosta, por um valor muito inferior que o que é cobrado num restaurante.

Ah! Isso é muito importante! À medida que o final do ano se aproxima, muitas pessoas “entram numas” de lamentar pelos desejos não realizados. Não faça isso de forma alguma! Substitua essa lamentação estressante por uma preparação esperançosa visando a realização de seus planos no ano novo, traçando metas inicialmente fáceis.

Afinal, afora os casos de pessoas estressadas, para todos os demais as férias de final de ano trazem felicidade ou estresse? Minha opinião é que, sendo um período em que se pode passar um tempo com a família, curtir festas diversas, dar e receber afeto de várias pessoas, participar de atividades religiosas, relaxar, manter tradições familiares,  no geral, o período das férias de Natal tende a produzir mais felicidade do que estresse, sendo que, curiosamente, os idosos de ambos os sexos e os homens mostram mais satisfação do que os jovens e as mulheres. De verdade, com um pouco de tolerância, todos podem sentir muita satisfação nessa época.

A todos desejo um feliz Natal e muita prosperidade no ano novo.

Espero que tenha gostado desse artigo. Há vários outros artigos no Blog do Psicólogo (www.blogdopsicologo.com.br) - acesse-os! CLIQUE AQUI  para ler sobre como cuidar preventivamente quanto ao uso de drogas pelos jovens.

Um abraço,

Psicólogo Paulo Cesar

Psicoterapeuta de adolescentes, adultos e casais. Psicólogo de linha humanista com acentuada orientação junguiana e budista. Palestrante sobre temas ligados ao comportamento humano no ambiente social e empresarial.
Consultório próximo à estação de metrô Vila Mariana. Atendimento de segunda-feira aos sábados.
Marcação de consultas pelo tel. 11.94111-3637 ou pelo Whatzapp 11.98199-5612.

Nenhum comentário:

Postar um comentário